Artrose nas articulações - Descrição e tratamento

Você tem dores nas articulações? As articulações doem principalmente quando se movimenta e ficam rígidas durante um longo período de inatividade? É a artrose das articulações que pode ser a causa desses problemas.

Advertência:Não use este ou qualquer outro artigo na Internet para fazer um diagnóstico. Somente um médico pode sempre fazer um diagnóstico correto. Não adie uma visita ao médico e lide com a sua condição de saúde a tempo.

Você quer lidar com a dor, inchaço e inflamação?
Agora há possibilidade de uma aplicação gratuita de terapia magnética 3D Biomag.
Experimentar grátis >>
Artrose nas articulações - descrição e tratamento
Imagem: : Artrose nas articulações

Descrição de artrose nas articulações e as causas

Considera-se geralmente, que a artrose nas articulações (osteoartrose) é uma manifestação isolada da artrose nos membros superiores ou inferiores.

A artrose é uma doença degenerativa que leva a movimentos articulares limitados e ao dano articular. Ocorre mais frequentemente na idade avançada e é causada por carga excessiva nas articulações.

A artrose causa a perda da cartilagem articular e o crescimento do tecido ósseo ao redor da articulação. Os crescimentos ósseos causam dor que aumenta à medida que a doença progride.

O desenvolvimento da artrose pode ser acelerado por:

  • lesões nas articulações,
  • danos à cartilagem articular,
  • fraturas,
  • doenças reumáticas e metabólicas,
  • obesidade e sobrecarga articular.

A artrose pode ocorrer em grandes e pequenas articulações. Por exemplo, artrose nos dedos das mãos, artrose nos dedos dos pés.

Existe o risco de restrições severas ao movimento, especialmente na artrose de grandes articulações, como:

  • artrose da articulação do joelho – gonartrose,
  • artrose do quadril – coxartrose,
  • artrose da articulação do ombro – omartrose.

Nestes casos, é uma condição dolorosa e limitante do movimento que muitas vezes, em estágios avançados, precisa ser abordada cirurgicamente.

Tratamento da artose nas articulações – livre-se de dor

O objetivo do tratamento da artrose articular é aliviar a dor e retardar a progressão da doença.

Os anti-inflamatórios não esteroidais (inibidores da ciclooxigenase, anti-inflamatórios não específicos – Brufen, Diclofenaco e outros) costumam ser usados ​​para aliviar a dor e a inflamação. Estes medicamentos são eficazes no alívio da dor, da febre e da inflamação e apresentam menos efeitos colaterais do que corticosteroides, que também reduzem a inflamação.

Em ambos os grupos, a supervisão médica é necessária por causa duma série de efeitos colaterais.

  • Coxartrose – artrose do quadril.
  • Gonartrose – artrose do joelho.
  • Anti-reumático não esteroide – um medicamento não-esteroide que atua contra dor, inflamação e febre.
  • Omartrose – artrose da articulação do ombro

Geralmente, a reabilitação ativa sem carga e fisioterapia das articulações afetadas é iniciada. A hidroterapia também é recomendada. Serve para apoiar o movimento das articulações afetadas da coluna, retardar a progressão e aliviar algumas manifestações da doença – especialmente dor, inchaço.

É utilizada toda uma gama de métodos – massagens, banhos, crioterapia, uso de correntes elétricas terapêuticas e campos magnéticos.

O tratamento cirúrgico, na forma de substituição parcial ou total da articulação (endoprótese total), é indicado apenas em estágios graves da doença.

A prevenção ideal da artrose é manter o peso ideal, uma boa condição física e exercitar as articulações e os músculos.

A terapia magnética pulsada de baixa frequência tem um lugar importante nos cuidados de reabilitação de algumas manifestações de artrose nas articulações. A terapia magnética em benefício do paciente utiliza um efeito analgésico, anti-edema e cicatrizante com o apoio de efeitos anti-inflamatórios.

A vantagem é a possibilidade de aplicações domiciliares individuais que permitem ao paciente continuar em tratamento intensivo de reabilitação em casa, fora do centro médico.